Um pouco mais de Luz

A SABEDORIA É UM REFLEXO DA LUZ ETERNA (V. Sb 7,26)

Página inicial do sítio > Na Tua Luz, veremos a luz > Deus ou Mamon

O bezerro "D’olar"

Deus ou Mamon

Será desta que a humanidade se aperceberá da inversão de valores a que está submetida?

sexta-feira 31 de Outubro de 2008

A viagem da humanidade no seu inevitável percurso para a eternidade está cheia de traições e abandonos relativamente Àquele que já a acompanha e a espera no final da caminhada terrena. Sempre houve guias cegos que a conduziram mal, sempre houve mediadores da Luz de Deus que alertaram para as nefastas consequências do seguimento daqueles.

Desde a desobediência de Adão, passando pelo crime violento de Caím e pela desconcertada construção da Torre de Babel, a humanidade se encontra numa irresponsável atitude de confrontação com o criador, ignorando as suas advertências e querendo tomar o Seu lugar.

É claro que essa atitude é suscitada por aquele que, por inveja, quer o mal do homem e o inspira ao erro. Mas isso não pode servir de desculpa pois que nos momentos de crise sempre Deus tem trazido ajuda aos homens através dos seus profetas. Maltratados e perseguidos pelo poder mas também escutados por aqueles que conhecem a importância do seguimento da vontade de Deus.

Num tempo em que a mensagem de Cristo alcançou os confins da terra, em que, por consequência, a humanidade estaria capacitada com a informação necessária para tomar a direcção correcta, assistimos para doxalmente a um progressivo afastamento da mensagem libertadora de Cristo, principalmente por parte dos povos e nações que foram responsáveis pela sua divulgação.

É certo que os primeiros habitantes europeus dos USA foram, na sua maioria, aqueles que rejeitaram a orientação da Igreja fundada por Jesus em Pedro. Numa atitude de desobediência desligaram-se do representante de Deus na terra e truncaram a Palavra de Deus rejeitando o Seu Espírito.

Hoje falam despodoradamente de Deus mas não o adoram. Adoram sim o "bezerro Dolar" à semelhança do povo hebreu no deserto.

Falam de Deus mas rejeitam o Seu Reino alicerçando a sua vida no apoio ao poder e à riqueza como o "American Way of Live". Constroem reinos e impérios financeiros quando Cristo os preveniu de que era mais fácil um camelo entrar pelo buraco de uma agulha do que um rico no Reino de Deus. Constroem torres de onde dominam o horizonte mas perderam de vista o horizonte da vida eterna. Acolhem desenvolvem e espalham heresias por todo o mundo, orgulhando-se democraticamente da balbúrdia espiritual que criaram.

À semelhança dos bestiais espectáculos dos estádios romanos suscitam o que de mais baixo há no ser humano através da proliferação de uma indústria cinematográfica em que o crime e a violência são tratados como fazendo parte normal de um quotidiano sem sentido. Promovem uma cultura de morte em total oposição à civilização do amor, tão desejada por João Paulo II, ilustre responsável pela Igreja rejeitada pelos seus antepassados.

Degradação, desordem, imoralidade, impiedade, violência, etc, num país que quer ser modelo para o mundo, que se dá o direito de ser "polícia do mundo" e cuja prepotente acção é tolerada, quando não mesmo aplaudida pelas nações que mais responsabilidade têm na condução do mundo para essa civilização do amor uma vez que possuem o estatuto de católicas. Europa, Europa, porque abandonaste a tua responsabilidade? Não terás o direito e o dever de "puxar as orelhas" aos irresponsáveis, rebeldes, mimados e agressivos USA?

Milionários ignorantes das reais necessidades dos pobres e das vossas, não será altura de vos arrependerdes e pedirdes perdão a Deus e aos homens pelo mal feito ao longo de tanto tempo de impiedade e falta de compaixão? Insensatos! não sabeis que hoje mesmo podereis ter de entregar a vossa alma a Deus? Que tendes dentro dela para Lhe oferecer? Talvez apenas o vazio deixado por uma espiritualidade que deixastes morrer à fome. Que Deus vos perdoe!


estas reflexões foram suscitadas pela chamada crise financeira de que actualmente se fala. Muito haveria a dizer mas deixo-vos estas palavras para vossa própria reflexão. Se quizerem complementar... qualquer contribuição, desde que séria, é bem vinda.

Alguma mensagem ou comentário ?

Fórum requer assinatura

Para participar nesse fórum, deve estar previamente registado. Por favor indique a seguir o identificador pessoal que lhe foi fornecido. Se não está registado, deve inscrever-se.

Ligaçãoinscrever-sepalavra - passe esquecida ?